terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Clipes que eu mais vi em 2010

Só como curiosidade, aí estão os cinco videoclipes que eu mais vi em 2010. Alguns, sem explicação! Hehe! Outros, são grandes sucessos do ano.

Eles estão mais ou menos na ordem (do mais visto para o menos), e isso é apenas uma estimativa, esse top saiu da minha cabeça. Um dia o Youtube há de ter uma estatística com os vídeos mais vistos do usuário! \o/



Começando:



1) Hips don't lie





2) Perfect





3) Bad Romance





4) Single Ladies



5) The Reason





Alguns vídeos postados aqui não são os oficiais porque algumas gravadoras (a SME) não liberaram a incorporação.

Nota também que não seriam exatamente "os melhores". São, de fato, excelentes, mas se eu tivesse que escolher os melhores clipes que vi este ano, provavelmente escolheria Noites de um verão qualquer, Single Ladies e Beautiful Liar.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Quantidade de resultados do Google para pesquisas de anos


Alguém no mundo já tinha tido a ideia de ir no Google e ficar pesquisando datas?
Pois é. Ontem me veio na cabeça de pesquisar os anos mais recentes, tipo comparar 2009 com 2010 e tal...
De repente me veio na cabeça fazer uma tabela e um gráfico com a informação da quantidade de resultados para cada ano, e eu fui de 1980 a 2025. O resultado está aqui.

Foi legal porque eu aprendi muita coisa sobre como fazer gráficos no Excel. E isso também pode ser útil para... Bom, não tenho a menor ideia, mas pode ser útil, né??!

E eu sempre acho estatísticas interessantes, de qualquer forma.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Pesquisa de anos no Google

Você já pensou em sair pelo Google pesquisando os anos mais recentes para comparar os número de resultados? Fizemos isso, e o resultado pode ser conferido abaixo, na lista e no gráfico.

"2010" naturalmente foi o ano que mais mostrou resultados, foram 13.190.000.000, contra 6.460.000.000 do segundo lugar, 2009.

O ano que menos mostrou resultados foi 2023, com somente 41.700.000

Ano ........... Número aproximado de resultados, em milhões


1950 ..... 244
1960 ..... 285
1970 ..... 395
1980 ..... 434
1981 .... 1200
1982 ..... 350
1983 .... 1210
1984 ..... 382
1985 ..... 388
1986 ..... 390
1987 ..... 394
1988 .... 1480
1989 ..... 430
1990 ..... 561
1991 ..... 449
1992 .... 1820
1993 ..... 470
1994 ..... 498
1995 ..... 640
1996 ..... 765
1997 ..... 632
1998 ..... 683
1999 ..... 847
2000 .... 1790
2001 .... 1070
2002 .... 1150
2003 .... 1500
2004 .... 1550
2005 .... 2060
2006 .... 2620
2007 .... 3440
2008 .... 4840
2009 .... 6460
2010 ... 13190
2011 .... 1610
2012 ..... 340
2013 ..... 195
2014 ..... 176
2015 ..... 162
2016 ...... 84
2017 ..... 465
2018 ..... 503
2019 ..... 436
2020 ..... 112
2021 .... 1900
2022 ..... 344
2023 ...... 42
2024 ..... 304
2025 ...... 49





Observação: pesquisa realizada no dia 01 de dezembro de 2010.
Os resultados obtidos contam todas as páginas com os números pesquisados, não necessariamente referindo-se a anos.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Sobre o Google Chrome

Tive que baixar o Google Chrome. Baixei principalmente por que queria voltar ao Google Wave, embora não concorde nada com esse tipo de "chantagem" do Google, se é que é. Se não for, perdoem-me, mas acredito que não custava nada dar um pouco mais de atenção ao Internet Explorer. Ou vice-versa, né? O Explorer atualizar-se.

Mas também porque eu já tinha usado o Google Chrome (uma vez só, que eu me lembre) e gostei bastante dele. Tem umas funções muito legais.

Lembro que quando eu o usei na casa de uma amiga, fiquei bastante empolgado porque dava para redimensionar as caixas de texto. Fiquei um tempão brincando!

Outra coisa que eu tinha notado, e que hoje vejo que pode me ajudar bastante, é a correção de texto automática. Parece ser bem eficiente! Só podia ter a função de reconhecer o idioma...

Algo que uso bastante no Internet Explorer e que também tem no Google Chrome é que dá zoom quando se aperta 'ctrl' com o scroll do mouse. Porém, aqui no Google Chrome, eu não encontrei o lugar onde ele indica a porcentagem do zoom, já que não tem uma barra inferior. Isso faz a página ficar maior, mas, se eu descobrir, vou dar um jeito de colocar essa barra, a informação do zoom me faz falta.


A instalação do Google Chrome foi bem tranquila. Digitei "Google Chrome" no Google, fui no primeiro resultado, do site do próprio Google, e cliquei no botão de instalar. Apareceu uma caixinha de download e ficou carregando, sem pedir para salvar nada. No final, quando terminou de carregar, eu pensei que ele fosse pedir para eu reiniciar o computador, e tal, mas não! Já abriu a primeira janela do navegador e eu já podia navegar!

A página inicial eu mudei imediatamente. Era uma padrão do Chrome, com os sites mais visitados recentemente, e coisas assim. Quem sabe um dia eu passe a usá-la, quero ver se é legal. Mas, por enquanto, vou deixar o iGoogle mesmo.

Algo que eu queria desativar, mas não consegui, é a navegação por abas (ou guias). Não consigo me adaptar a isso! Prefiro janelas mesmo. Mas não consegui encontrar um jeito de desabilitá-las, nem procurando na ajuda.
Mas quem sabe eu me acostume a elas, quem sabe facilitem a vida e tal... Ouvi falar elas fazem o programa ficar mais leve. Não vejo porquê, mas pode até ser.

Mas algo que eu notei e não posso deixar de relatar é que o Chrome pode ser muito pobre nas configurações, mas é inteligente a ponto de ninguém depender delas. Quer ver?
Não há opção de desabilitar guias, mas elas não atrapalham a ninguém, não ocupam um espaço da tela só para si. Então, se não quiser guias, é só não usá-las. (Uma coisa legal das guias é que elas podem ser facilmente transformadas numa nova janela, e vice-versa). Quando se fecha uma janela com várias guias, podemos ter esquecido de que havia ali uma guia que ainda iríamos usar. Em vez de nos alertar, o Chrome dá a opção de reabrir as guias da última janela fechada.
Não há atalhos para a página inicial, mas pode-se adicionar uma (ou várias) páginas na barra superior, com um atalho para elas.
Gosto muito das coisas que podem ser totalmente personalizadas, mas admirei a coragem do Chrome de resumir todo o nosso trabalho em personalizar, de enxergar o que era desnecessário e eliminar. Foi uma inovação bacana!

Uma coisa que eu não gostei foi a barra que aparece embaixo quando se faz um download, mesmo se apenas estiver salvando uma imagem.

Quando a instalação terminou, fui perguntado sobre qual buscador eu queria definir como padrão. Escolhi o Google! As opções eram três: Google, Yahoo e Bing (aquele chato que não saía da parte de cima do Explorer).
Desta vez o Google está de parabéns por não tentar monopolizar seu navegador!

Outra vantagem que eu ainda não digo com certeza, mas espero que venha, é que o Chrome é mais leve para rodar. Ouvi falar. E o Explorer ultimamente tem dado uns problemas aqui, tem travado de vez em quando. Eu colocava a culpa no computador, mas vamos ver se o Chrome vai se comportar melhor.

Outra facilidade: quando você seleciona um texto no navegador e clica com o botão direito, tem a opção "pesquisar usando o Google" e ele já abre direto uma nova guia com os resultados da pesquisa! Bem melhor do que "ctrl+c > abre Google > crtl+v > pesquisar" que eu costumava fazer!
Muito legal também o recurso de "colar e ir" da barra de endereço.
E algo muito útil é a correção automática de endereços que as vezes são digitados com falhas ou copiados com partes a mais.


Um probleminha que eu tive foi com um atalho que eu usava no Internet Explorer, principalmente aqui no blog: o crtl+k, no Chrome, não funciona quando se quer colocar link numa palavra. Se alguém souber uma solução, por favor, me avise.


É isso, galera! Podem usar os comentários para dar a sua opinião sobre o Chrome, para escrever sobre este post ou para tirar alguma dúvida.

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Pérolas no curso de inglês


Essas pérolas se passaram em 2008, no meu curso de inglês. Eu anotei e decidi compartilhar com vocês!
É bom que elas podem ser perfeitamente compreendidas por quem não fala inglês, por isso eu coloquei a tradução abaixo.
Foram causadas por meras confusões entre algumas palavras.


T: Teacher; S: Student

T - When did you know your best friend?
S1 - I knew my best friend two hours ago! =)
T - Is that true? o.o
S1 - Yes!!

----

T - How long have you been awake?
S2 - I'm awake for one week!

----

T - Have you fainted yet?
S3 - Yes, I have been fainted for one year!!


Tradução:
P: Professor; A: Aluno
P - Quando você conheceu a sua melhor amiga?
A1 - Eu conheci a minha melhor amiga duas horas atrás! =)
P - É verdade? o.o
A1 - Sim!!

---

P - Por quanto tempo você está acordada?
A2 - Eu estou acordada há uma semana!

---

P - Você já desmaiou alguma vez?
A3 - Sim, eu estou desmaiada há um ano!!

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Fatos sobre Campo Grande

- Campo Grande fica fora, e muito longe, do Pantanal;

- Aqui não tem jacarés e onças andando nas ruas;

- Aqui tem ruas;

- O nome do estado é Mato Grosso do Sul, e Campo Grande é a capital;

- Eu nunca vi um tuiuiu. Não tem tuiuius aqui na cidade. Tem tucanos, capivaras, quatis, mas em parques e pontos isolados - como a Universidade Federal;

- Tuiuius existem;

- Não, diferentemente do que você vê no Fantástico, não é comum ver pessoas trazendo drogas do Paraguai para o Brasil passando por Campo Grande;

- Num certo jornal falou que, em Mato Grosso do Sul, 80% das pessoas não têm esgoto tratato, e mostrou imagens de esgoto a céu aberto. Calma! Quando você vier a Campo Grande, não verás esgotos escorrendo de cada uma das casas! Se ainda não tiverem terminado a rede de esgoto, a maioria das casas terá uma fossa séptica;

- As ruas são asfaltadas. Entre 95% e 99% delas, que eu me lembre agora de cabeça.


Veja aqui dois vídeos especiais de Campo Grande.

Post sobre o blog #2

(E cadê a parte 1?? É essa aqui!)

Dando continuidade ao post que eu já publiquei (eu dividi em dois para não ficar muito grande), vou continuar a falar a respeito do blog.

Primeiro, quero falar das vezes em que prometo que vou publicar alguma coisa e não publico. Gente, eu nem sempre me lembro depois. Se vocês me cobrarem, com certeza eu vou encontrar um jeito de publicá-lo.

Aliás, estive notando como os comentários movem um blog. Geralmente eu escrevo um post sem pensar nisso, mas, quando eles vêem, concordando, elogiando, dando ideias, dando depoimentos... é bem motivador! Faz a gente sentir que não está falando só besteira, e que alguém no mundo também se interessa por aquilo. E, claro, que o blog está sendo útil.

Falando em falar besteira, às vezes eu fico com uma dúvida cruel sobre o que postar e o que não postar no blog. Num certo período de tempo, na dúvida, eu não postava. Hoje, por via das dúvidas, eu posto. Alguém pode se interessar, e não vai fazer mal postar. Claro que os posts que eu acho menos interessantes são escritos com menos esforço, e às vezes acabam nem saindo. Mas, uma vez escritos, são postados.
Por isso, como já disse no post anterior, talvez eu faça uma limpeza por aqui.

E talvez esse medo de estar publicando coisas que não agradam (juntando com a falta de organização do blog e blablablá) é que me faz ter vergonha de ter pessoas conhecidas vendo o meu blog. Pois é! Eu tenho vergonha de conhecidos vendo este blog! Mas muitas vezes eles também me motivam, inclusive pessoalmente!
E é legal vê-los conversando entre si sobre um post do meu blog (como alguns amigos do PIC, por exemplo!).

Nasce um outro dilema. Como citar os conhecidos neste blog? Uma das coisas que me fazem não contar muitas estórias, não apresentar meus amigos, não falar muito dos meus colegas, etc, é o receio de mencionar o nome deles. Poxa, não posso esquecer que estou publicando algo e que qualquer pessoa no mundo tem acesso. A partir do momento que uma pessoa me conhece um pouco, pode identificar uma pessoa que eu mencionar através do nome. Pode parecer a coisa mais besta, mas mesmo isso pode causar-lhes problemas.
Às vezes eu cito a pessoa sem citar o nome e peço para elas se manifestarem nos comentários se quiserem (amigos do PIC, manifestem-se nos comentários!).

Por outro lado, também não sei até que ponto convém falar sobre minha vida pessoal. Por mim, eu iria catalogando as pessoas, um post para cada, apresentando-as, para citá-las sempre que preciso, com link para as informações dela. Uma tag para cada. Colocaria também os lugares que costumo frequentar, e outras coisas. (RRS55édia?!) Mas, não! Quem sabe essas coisas podem até ser introduzidas aos poucos. Se você tiver dúvidas sobre alguma coisa que eu escrevi, pode perguntar diretamente nos comentários. Pode pedir meu e-mail, meu wave...

Ah, e quanto aos conhecidos entrando no blog, esses dias me veio uma breve ideia de convidar alguns amigos para acompanhar, opinar e criticar meu blog. Talvez obtenhamos algumas boas sugestões. Nada melhor do que alguém de fora para opinar. Você, leitor, também pode dizer o que acha do blog, aqui.

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Um post sobre posts

Boa tarde, galera!
Como estão todos?

Este post é para fazer um esclarecimento sobre os posts deste blog.


Em primeiro lugar, quero expor que o blog ainda está longe do meu ideal, principalmente quanto à organização. As "tags" ficam soltas embaixo do post, sem uma padronização; às vezes, há tags diferentes que poderiam ser iguais; algumas tags deveriam ser renomeadas, outras criadas, outras apagadas.

O que quero fazer é organizá-lo em categorias, e colocar as principais no menu da direita.

O Tem Que Bombar também já foi bem desorganizado, e hoje suas categorias estão (pelo meno um pouco) bem definidas.

O AlegríaCDS então! Impecável! Tudo bem que tem algumas tags que não são catalogadas, mas sua organização é do jeito que eu gosto! Como se fossem pastas dentro de pastas, e fica facil encontrar o que se quer.


O que vai acontecer é que eu vou ter que reler os 129 posts que eu já escrevi neste blog (130 com este) para fazer esse tipo de correção.
Eu poderia até ter tentado organizar isso desde o primeiro post, mas logo vi que não ia dar certo. Será melhor já ter essas dezenas de posts para que eu possa me basear na hora de separar as categorias.


Falando em separar: uma grande dúvida me assola (existe mesmo esse verbo?) de vez em quando: algumas vezes, não sei se posto alguma coisa aqui ou no Raphaelrs55. É uma dúvida cruel. Portanto, há a possibilidade de os dois blogs se fundirem no futuro.
Já pensei até em fazer aqueles diagramas, sabe? com aquelas perguntas e duas setinhas, uma com "sim" e outra com "não", para ir respondendo as perguntas e chegar, por fim, ao blog que deveria postar; mas achei exagero.

No entanto, algumas vezes encontro tantas coisas sobre uma mesma categoria neste blog, que penso em criar um blog só para ela. Por que não? Mas, não. Acho que eu não daria conta.

Até mesmo na hora de escrever posts rola algumas dúvidas: este post, que agora escrevo, por exemplo, poderia ser dividido em vários, poderia ser incorporado a vários, etc. Mas vou tentar parar de me preocupar com esse tipo de coisa.


Mais alguns esclarecimentos, para quem quer que eles sejam úteis:


Algo que odeio fazer, mas de vez em quando vejo necessário, é mudar alguma coisa em um post depois de publicá-lo. Às vezes, encontro algo melhor para dizer em um deles, mas me seguro. Me limito a editá-lo quando encontro algum erro (principalmente de digitação).

O que gosto de fazer quando quero completar as informações de um post é colocar no final dele uma nota escrito "atualização", com sua data e hora. Mas isso é só para pequenas notas e links.

Por mim, os posts do blogspot teriam histórico, igual aos artigos da Wikipédia, para registrar as modificações. Aí eu editaria à vontade!

Estive pensando que o Google Wave poderia me ajudar nesse sentido, mas eu ainda não entendi como funciona essa ferramenta. Quando eu tiver tempo de testar, eu conto a vocês.

Mas, de qualquer forma, a partir de hoje (ou a partir de quando eu descobrir como funciona o Google Wave ;) ), tomarei a liberdade de fazer pequenas edições quando eu vir que algo está muito ruim.


Quando eu fizer essa "leitura geral" do blog, possivelmente alguns posts serão excluídos. Outra coisa que não gosto de fazer é excluir. Não gosto de apagar nada! Mas talvez seja bom, vamos ver no que vai dar.

Os posts com informações úteis e os com comentários positivos terão menos chance de ir. Os pessoais terão mais. Ou não! Ahhff, não sei. Só vou saber quando eu realmente fizer essa leitura geral, e pode demorar um certo tempo. Ainda não sei quais posts manter, quais apagar; não sei o que é bom publicar e o que não é.

Mas prometo que o blog ficará cada vez melhor; mais organizado, principalmente.


Enquanto isso, vamos postando...

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Porque ter um twitter

O Twitter é uma ferramenta que ganhou muita popularidade nos últimos meses, graças à sua facilidade de uso e a rapidez para as trocas de informações.

No entanto, muitas pessoas ainda não sabem para que serve o Twitter. Aqui, eu vou citar os principais motivos para se ter Twitter, e também ensinar o básico do que é preciso para usar o site.


Como funciona o Twitter?

Se você estiver logado no Twitter, na sua página inicial aparecerá os últimos tweets (que são as mensagens postadas no Twitter) das pessoas que você segue.
Quando você escreve alguma coisa, quem vai ver são seus seguidores.
Você pode seguir quantas pessoas quiser, indo no perfil delas e clicando em "Follow". Da mesma forma, as pessoas podem encontrar o seu perfil e te seguir.
Você ainda pode responder aos tweets, entre outras funções.


Por que ter Twitter?

O Twitter é a ferramenta ideal para a troca de informações rápidas.
Você pode encontrar pessoas que estão fazendo a mesma coisa que você, ficar sabendo das notícias em primeira mão. Além do mais, pode passar o tempo e se entreter: só quem tem twitter pode saber o quanto é divertido.

Costumo brincar que existem apenas dois tipos de pessoas: as que não gostam do Twitter, e as que sabem usar o Twitter. O Twitter pode ser usado para praticamente tudo: quaisquer que sejam as suas áreas de interesse, você vai conseguir usar o Twitter combinado com elas.

Você pode registar as ideias e emoções que está tendo na hora, sem precisar escrever um texto.

Ou, sabe aquela partida de futebol importante? Todo mundo vai estar comentando no Twitter!

Aquele programa que todo mundo está assistindo? Aquela notícia que tomou conta dos assuntos? Ver os comentários sobre ele no Twitter é muito legal: dos mais engraçados aos críticos.

Além disso, você poderá saber os assuntos que mais repercutiram no mundo ou no Brasil, não só vendo o que as pessoas que você segue falam, mas também acompanhando o “Trending Topics”, uma sessão que registra as palavras mais twittadas recentemente.


Então, se você ainda não sabe se vale a pena ter Twitter, faça a experiência e descubra.
Chame os amigos, e não se preocupe: você pode até ficar confuso a princípio, mas logo vai se habituar.

E, não deixe de acompanhar o blog. Em breve, publicaremos dicas para o Twitter e também indicaremos pessoas legais para serem seguidas. Até lá!
Qualquer coisa, mande um e-mail pra gente aqui do blog pedindo ajuda.

P.S.: Visite o twitter do autor do blog! ;)

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Blog "Tem Que Bombar"


O "Tem Que Bombar" é o mais antigo dos meus blogs. Foi o primeiro. Comecei a atualizá-lo efetivamente no final de 2007, se não me engano. Já teve outro nome, e já mudou bastante.

É também o que recebe mais visitas: uma média de cerca de 1000 visitantes por mês.

O "Tem Que Bombar" oferece conteúdos interessantes e engraçados que são encontrados na internet. Muitos posts têm origem em e-mails que eu recebo, por exemplo. Como eu queria compartilhar esses conteúdos e organizá-los de uma forma bacana, surgiu a necessidade de criar o blog. Lá, eu posso separar o que eu encontro de melhor na internet: sejam coisas úteis, ou apenas entretenimento.

Sempre que possível, eu cito os autores. Também quando possível, peço autorização antes de postar. Mas, nem sempre dá. Ainda bem que nunca tive problemas com isso, mas deixo bem um endereço para contato, caso alguém queira reclamar.

Alguns posts de lá são escritos por mim mesmo
Também pego algumas coisas do Raphaelrs55 de vez em quando, que são posts que eu mesmo faço.

Com cerca de 30 principais categorias e mais de 240 posts, esse blog pode ser um ótimo site para passar o tempo, se divertir, e tambem ver assuntos interessantes e aprender coisas úteis.

Se você tiver sugestões para ele, você pode nos mandá-las aqui!

- Clique aqui para ver os principais acontecimentos no blog Tem Que Bombar

terça-feira, 21 de setembro de 2010

OVNI desafiando a inércia!


O fato que vou narrar aconteceu há bastante tempo já. No começo do ano passado, ou no começo deste ano, não lembro bem, devo ter problemas com a noção de tempo. É mais provável que tenha sido este ano. Podia jurar que foi no ano passado, mas, após pensar bastante, tomei um outro acontecimento como referência, e estimo que tenha sido no final de janeiro de 2010.

Aconteceu que, por volta das 7 ou 8 da noite, estava eu na calçada de casa (um espaço aberto, mas dentro dos limites do muro) olhando para cima. Não que eu tenha costume de sempre olhar pra cima. Adoro olhar o céu, mas não faço isso com muita frequência. Mas neste dia eu estava.

Então, eu vi algo se mexendo. Eu sempre vejo coisas se mexendo, então aquilo era comum. Não, não era! Deixe-me explicar melhor.

Vi uma luz, que era, provavelmente, branca, e ela andava - voava - pelo céu, como se fosse um avião. Porém, estava mais rápida que um avião poderia estar (dava para ter noção da altura, se fosse mesmo um avião). Pensei que poderia ser um satélite, normal. Fiquei acompanhando por alguns segundos. Depois, alguém me chamou para perguntar alguma coisa. Tive um diálogo bem curto com essa pessoa, e depois voltei a olhar para o céu, procurando, novamente, a luz que flutuava. Mas, para a minha surpresa...

Para a minha surpresa, ela tinha mudado completamente de direção, em um ângulo ainda menor que um de 90º! E isso em bem menos de um minuto!! E, repito: ele estava muito rápido!

Veja, fiz uma ilustração abaixo para que dê para entender melhor:


Aquela "Estrela" está escrita ali porque a impressão que tive é que o "ângulo" da mudança de direção tinha vértice justamente nela! Ou seja, parece que, na parte que perdi, o OVNI ficou sobre a estrela e então mudou de direção.
A seta e o segmento amarelos são para indicar as partes que eu consegui ver o movimento do objeto. E, na minha visão, as luzes eram bem menores do que o tamanho que elas aparentam na imagem. A estrela, por exemplo, era de tamanho convencional, médio.

Certifiquei-me de que não havia outra luz se mexendo. Seria uma explicação ótima se tivesse duas delas (e então concluiria que eram dois satélites diferentes). Não tinha.

Não lembro qual foi minha reação imediata... Se fiquei assustado... Nem me lembro o que fiz depois. Mas isso me deixou intrigado até hoje. E serviu para que eu dê mais credibilidade quando as pessoas contam coisas estranhas que acontecem. Aconteceu uma - ou várias! - comigo!

Veja bem, só quero chamar-lhe a atenção para não encarar "OVNI" como um sinônimo de "disco voador" ou "objeto extraterrestre". Pode ser que essas coisas existam mesmo, e nada me impede de acreditar. Mas pode muito bem (e é provável, claro) que o que eu vi seja alguma coisa de origem humana. Terrestre.

Mas o quê? É este o mistério...

sábado, 18 de setembro de 2010

Receita de Licor de erva-mate

∙ 150 ml de erva-mate moída para chimarrão
∙ 500 ml de cachaça adocicada (39% vol.)
∙ 250 ml de açúcar cristal
∙ 350 ml de água


1. Misture a erva-mate com a cachaça em uma garrafa fechada e deixe por 4 dias.

2. Coe a mistura e depois filtre com um filtro de papel. Reserve a bebida filtrada.

3. Numa panela, misture o açúcar com a água. Leve ao fogo, mexendo para soltar o açúcar do fundo. Após começar a ferver, deixe no fogo por mais 3 minutos.

4. Espere a calda esfriar.

5. Misture a bebida e a calda em partes iguais, agitando bem a mistura.


Rende 1 litro de licor.
Comece a preparar com no mínimo 4 dias de antecedência.


Dicas:
- Você pode variar a quantidade dos ingredientes e o tempo de maceração de acordo com o seu gosto.
- Use corantes comestíveis para dar uma coloração melhor ao licor.


Dados do licor:
Taxa de álcool: 19%
Validade: indeterminada
Armazenamento: guardar em recipiente bem tampado
Valor calórico: 60 kcal / 30ml


BEBA SEMPRE COM MODERAÇÃO

< atualização 27/03/2014 10:40 >
Para baixar a receita (salvar em seu computador ou imprimir), clique no link abaixo:
https://docs.google.com/file/d/0B2o4S8wMQH9BWEdObThyU3pGdHc/edit 


Tags: receita tipica Brasil Mato Grosso do Sul Campo Grande licor de erva-mate verde tereré chimarrão mate alcool alcoolico cachaça pinga aguardente destilado bebida

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Prova da OBMEP 2010


Sábado fiz a segunda fase da OBMEP. Não sei se fui bem. Mas acho que fui. Pelo menos só tem um item que eu tenho certeza de ter feito errado. O resto tem muita chance de estar correto. Mas isso eu vou ver quando sair o gabarito da prova. Alguns, devo ter conseguido só metade da nota.

Mas muita gente comentou que a prova estava muito fácil, e isso tira minhas chances de ficar bem colocado. Eu achei uma prova justa para o meu nível (leia-se 'minha capacidade'). Fiquei as três horas de prova fazendo. Talvez, se tivesse mais cinco minutos, conseguiria ter feito mais. Tive que pensar bastante, mas não tinha nada muito impossível para mim.

Vou colocar abaixo um resumo das questões. É claro que a minha memória pode ter se enganado em alguma coisa, nem sei como consegui lembrar de todos os itens! Anotei-os todos sábado à noite, já para não esquecer, e fiquei impressionado que lembrara de todos! Mas estou postando somente hoje porque, apesar de a OBMEP não nos pedir sigilo oficialmente (como a OBM), é sempre bom deixar passar um tempo. E, como hoje já está podendo comentar na comunidade, me vejo no direito de comentar aqui também (a coordenação da OBMEP pediu sigilo para eles só até 12/09).

Mais uma coisa: os exercícios abaixo não estão detalhadamente explicados, então, você provavelmente só os entenderá se tiver feito a segunda fase da OBMEP 2010 pelo nível 3. Se não fez, poderá ver a prova no site da OBMEP a partir da semana que vem, eu acho.
Algumas descrições, mesmo quem fez a prova corre o risco de não entender, mas poderá acompanhar com facilidade quando a prova for publicada.

Fiquei em dúvida se postaria tudo assim, num post gigante, ou se depois que eles publicassem a prova eu refaria e colocaria aqui. Ainda não sei se vou fazer isso, talvez. E é por isso também que eu deixei algumas questões muito detalhadas e outras eu só falei por cima.

E quero ressaltar, porque é bom, que, aconteça o que acontecer, não julgarei (e você também não, espero) a correção da OBMEP e a minha colocação. Eles sabem muito bem o que fazem, e eu posso ter cometido equívocos ao explicar meus métodos de resolução.
É bom deixar claro também que, por mais que eu expresse a minha opinião sobre os problemas no decorrer do texto, jamais quis criticar o Comitê de Provas. Eles são experientes e (novamente) sabem o que fazem, o meu olhar é de mero "espectador", pode-se dizer.

Ah, sim, não caiu problemas com circunferência, escalonamento, divisão de polinômios, trigonometria, logaritmo e nem função exponencial. (Veja este post)



Agora sim, finalmente, ao resumo da prova segundo a minha cabeça, e acho que esse post bate o record como o maior de todos:

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

OBMEP 2010 - 2ª fase

Hoje eu estava estudando para a OBMEP.

Já estudei e aprendi algumas coisasno meu livro de matemática da escola. Li o livro quase inteiro. Reli também o livro “Introdução à Análise combinatória”, as partes mais importantes, só para prevenir. E essa leitura não demorou muito: em dois dias, tinha terminado. Separei uns exercícios das provas dos anos anteriores que eu achei mais difíceis. (Essas provas estão disponíveis no site da OBMEP). São do nível 3, de 2008 e 2009, segunda fase. São eles:

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Aniversário de Campo Grande - 111 anos


Na última quinta-feira foi o aniversário de Campo Grande (MS), cidade onde nasci, cresci, vivo e amo muito!
Convido vocês a verem esses dois vídeos que foram postados no Youtube semana passada:

O primeiro vídeo mostra também alguns outros lugares do Brasil (vários no próprio estado do Mato Grosso do Sul), mas, a partir dos 1:06, limita-se às fotos de Campo Grande:




O segundo vídeo é de um jornal local da TV Morena (afiliada da Rede Globo), em uma das reportagens da série especial sobre Campo Grande. A reportagem foi exibida no dia 26 de agosto. Eu a assisti no TV e adorei! É uma reportagem muito boa, emocionante. Então, a encontrei no site da emissora, e aqui está:




sábado, 28 de agosto de 2010

O tempo de um ano

O tempo, para você, passa rápido ou devagar? Eu ainda não decidi. "É relativo!" talvez seja a melhor resposta.

Se não pararmos para pensar, pode até ser que passe rápido. Se tentarmos nos lembrar o que fizemos há alguns anos... parece que foi ontem! Ou se tomarmos como referência um certo evento e percebermos que não aconteceu muita coisa depois. Onde foi parar o tempo?

Geralmente, eu pensava que o tempo passava rápido, e odiava isso. "O ano voou!" Mas aí comecei a perceber: "Nossa, quanta coisa muda em um ano!" Tente se lembrar de um ano atrás! Muita coisa era diferente!! Por outro lado, muita coisa se mantém igual por anos e anos.

No caso de 2009, eu já entrei o ano com a seguinte mentalidade "Um ano passa muito rápido, não espere que 2009 será diferente!" E isso me ajudou a me conformar.

Já 2010, parece que não passou tão rápido. Posso pensar que já estamos em agosto, ou que faltam apenas quatro meses para acabar o ano, mas, puxa, quanta coisa eu já fiz?! E, nos últimos quatro meses (se não parar pra pensar, nem parece), muita coisa aconteceu! Agora, em 2010, tem muita coisa que aconteceu no primeiro semestre e que eu jurava que tinha acontecido no ano passado!

Só é uma tristeza de perceber a 'rapidez' do tempo quando eu vejo o tanto de coisa que eu gostaria de ter feito e não fiz, e, nossa, o tempo passou tão rápido!
Mas eu adoro quando descubro que algo aconteceu a bem menos tempo do que eu esperava. Sinal que passou devagar!

Tem gente que diz que o tempo passa mais rápido a cada ano, e eu concordava com isso, até começar a me acostumar com essa aceleração. Chego a pensar que é por causa da idade da pessoa. Para um bebê de 2 anos, um ano é metade de sua vida. Já para uma pessoa de 50, um ano é só 2%. Por isso, teríamos a impressão de que, quanto mais velhos somos, menos um ano representa, e passa mais rápido. Só que essa aceleração seria cada vez menor e cada vez mais imperceptível (já que dos 3 para os 4 anos, a idade aumenta 33%, e dos 73 para os 74, apenas 1,3%).
Minha avó de 80 anos disse que antes não era assim, que um ano demorava a passar. "Quando começava um ano, podia esquecer! Demorava um tempão para acabar!" Disse ela.
E às vezes chego a pensar que é por causa da tecnologia, e seus novos meios de entretenimento. O tempo parece passar bem mais rápido quando estamos distraídos!

Certas vezes, eu, achando que as festas de finais de ano ficavam muito próximas de um ano para o outro, até cheguei a pensar que seria melhor fazê-las só a cada dois anos - para não perder a graça!
Mas, este ano é diferente. Está demorando. Não sei se eu eduquei minha mente a se acostumar com isso ou o quê. Mas não quero que passe rápido - muito pelo contrário!

Seria legal ver uma pesquisa sobre a percepção do tempo.


Agora, convido você a pensar nos aspectos que fizeram parecer o tempo passar mais rápido e nos que fizeram ele passar mais devagar para você.

Aí gostaria que você desse sua opinião aqui nos comentários: você prefere que o tempo pareça passar mais rápido ou mais devagar? Em que situações?

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Cores imaginárias

Na semana passada, eu estava fazendo uma pesquisa sobre teoria das cores. Comecei a ler na Wikipédia, passei para o artigo em inglês, para ver se estava mais completo, fui então para o artigo "Color Mixing" (mistura de cores), através do campo "ver também", e, dele, fui parar no "Impossible colors" (Cores impossíveis).

Fiquei empolgadíssimo quando vi esse título. Sempre quis saber se existem cores que não existem (!). Sei lá, acho que eu definia isso como "Cores diferentes de todas as que alguém já viu". Me perguntava se era possível "inventar" uma cor que não existe. Mas, se fosse possível, ela existiria... Confuso!
Cores são algo complicado de se imaginar. São infinitas (eu acho), mas tão limitadas! Não, nem tanto...
Estão por toda a parte. Não existe ausência de cor.
Percebo agora que as cores que eu tentava imaginar eram sempre brilhantes, tipo luzes futurísticas. Mas existiam.

Também conjecturava se existia algum sexto sentido - além da visão, olfato, audição, tato e paladar. Ora, assim como as cores existem e um cego não as vê, pode ser que haja outras coisas no mundo as quais não somos capazes de perceber!
Existiria algum ser alienígena, algum animal, alguma bactéria, alguma mutação capaz de percebê-la?

E, a parte mais difícil: tente imaginar esse sentido! Algo que vai além do tato, do olfato, da audição, da visão e do paladar... não dá! Invente um e conte aqui embaixo, se você conseguir.
Tente comparar cada um desses cinco. São tão diferentes! E como seria o sexto? E o sétimo? E o vigésimo quinto? Seriam infinitos? E as dimensões, que, como outrora ouvi, já mostraram ser mais de 10? Percebemos apenas 3 delas! (não considero o tempo uma dimensão. Tempo! Outra coisa louca...)

Ainda, algum ser seria capaz de ver cores que nós não vemos? Assim como um cachorro não enxerga todas as cores que nós enxergamos, alguém conseguiria enxergar mais do que nós? Falando em não enxergar certas cores, e os daltônicos? Se eu fosse um, ficaria muito curioso para saber como são as cores que eu não visse. Cegueira de nascença é outro caso.

Observe a imagem abaixo. Pode não parecer, mas ela tem 1 milhão de cores:

Esta imagem (quando vistos em tamanho real, 1000 pixels de largura) contém 1 milhão de pixels, cada um de uma cor diferente. O olho humano pode distinguir cerca de 10 milhões de cores diferentes.

Assim como há frequências de som detectadas somente por aparelhos e por alguns animais, haveria também cores assim?

E uma pergunta que eu me vi fazendo com uns 5 anos de idade que, há pouco, descobri ser muito comum (porque a vi num fórum do Orkut, sendo rotulada de "aquela velha história"): todos enxergamos as cores da mesma forma? O amarelo que você enxerga é o mesmo amarelo que eu enxergo?
Me fiz essa pergunta quando perguntei a cor favorita de alguém. Pensei: "Nossa! Como pode ele gostar dessa cor? A cor mais bonita é aquela! Ahh, já sei! Ele enxerga a cor favorita dele do mesmo jeito que eu enxergo a minha!" (Outrora devo até ter estendido esta teoria sobre subjetividade para outros tópicos além das cores)
Parece que vi uma pesquisa que sim, as cores são relativas (que triste! - ou não), mas acho que não tem porquê. Devo estar equivocado.

Voltando ao assunto...
Pois é, e eis que, nesse artigo, minha dúvida sobre cores que não podem ser vistas foi sanada. Seriam, por exemplo, (tente imaginar) um amarelo-azulado e um verde-avermelhado. Não a mistura deles - porque o amarelo com azul dá verde, e o verde com vermelho dá marrom - mas sim o amarelo-azulado e o verde-avermelhado. Nunca tinha pensado!

Consegui imaginar essas cores, eu acho, e não me pareceram tão impossíveis. Logo, acho que não consegui imaginá-las. Mas são loucas!

Há, no artigo, uma imagem para que possamos enxergar o amarelo-azulado. Tem que cruzar os olhos, e isso infelizmente não da certo comigo, nem com imagens em 3D. Consigo cruzar os olhos, mas não sobrepor as imagens. Se vocês quiserem tentar, está aqui a imagem: (se eu não me engano, tem que, ao mesmo tempo, focar o olho direito na cruz da esquerda, e vice-versa)

O artigo também diz que essas cores só podem ser vistas em "condições específicas". Que condições seriam essas, além de cruzar os olhos? Curioso...

No artigo também há um trecho como:

"Em 1983, Hewitt Crane e Thomas Piantanida construíram um dispositivo que tinha um campo de vermelho para um olho e verde para o outro (em alguns casos, amarelo e azul), com certos parâmetros ajustados. Isto permitiu uma mistura de duas cores no cérebro, produzindo não o verde para o teste azul-amarelo, e nem o marrom para o verde-vermelho, mas duas cores inteiramente novas. Alguns voluntários do experimento disseram que, mais tarde, eles ainda podiam imaginar as novas cores por um período de tempo."

Muito interessante!! "Cores inteiramente novas"!
E quer dizer então que, por não as verem constantemente, os voluntários "esqueceram" as cores? Que coisa! Devem ser cores realmente loucas!
Eu queria poder vê-las! Mais um sonho para a minha lista de loucuras, talvez...

Obs: Temos que o título deste post está errado, as cores não podem ser chamadas de "imaginárias" uma vez que não podem ser imaginadas. Elas podem ser vistas por meio de experimentos. Então, também, não são impossíveis. "Cores raras" é legal? "Cores nobres"... "Cores artificiais"... Bom, como eu tentei muito imaginar essas cores, achei esse o título mais adequado.

Estou traduzindo esse artigo para o português, se vocês quiserem ver: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cores_impossíveis
Depois talvez eu coloque uma pesquisa no Raphaelrs55, se tiver os direitos autorais do texto.

Também gostei muito dessa descrição de cor imaginária que está no artigo:
* "Uma cor quase impossível de descrever, que os profissionais estudiosos sabem que é uma cor somente por analogia" (The Colour Out of Space)
Tá, cores são quase impossíveis de descrever! A menos "por recorrência", se você usar outras cores como referência.

Eu imagino a emoção de uma pessoa (um cego) que enxerga as cores pela primeira vez. Há relatos assim? Deve ser emocionante!

É claro que a minha emoção ao ver o amarelo-azulado (ou era azul-amarelado?) e o verde-avermelhado não será tão grande como a de alguém que ganha a visão, mas será muito grande (espero!). Enquanto isso, eu fico na curiosidade, e espero que essas cores não me decepcionem.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Perdido no calendário


Hoje, na saída da escola, fui conversando com uma colega sobre um trabalho. Ela perguntou quando nós iríamos fazê-lo e eu sugeri a próxima quinta, dia 26, feriado (aniversário da cidade).
E ela disse que a próxima quinta ainda não era dia 26. Realmente. Era dia 19.
O ruim é que eu estava esperando por esse feriado. Se não fizesse o trabalho, ficaria em casa fazendo coisas que preciso; No entanto, fiquei feliz, pois adoro quando o tempo demora para passar, ou quando eu vejo que estamos numa data anterior à que eu penso, ou quando determinado evento ocorreu há menos tempo do que eu pensava. No caso de hoje, achei uma semana que tinha perdido! :) E é bem melhor assim, não tem pressa!

Mas agora vem a parte dramática (!) da história. Por um (relativamente) longo momento, pensei que ainda estivéssemos em 2009!! :o
Agora há pouco mesmo!

Peguei um calendário pequeno que tinha guardado. Enquanto pegava, pensei o seguinte: "Deve ser do ano passado. Ah, não! É de 2009 ainda!". Alguns minutos depois, aconteceu a mesma coisa com outro calendário que eu peguei. Até que, fui procurar o bendito dia 26 de agosto para ver se de fato tinha ganho uma semana, e: quarta-feira! "Ora, como assim, não era quinta?" Pois é... Só aí percebi que estamos em 2010, e que 2009 já acabou faz tempo...

Cérebro...

sábado, 7 de agosto de 2010

Auto-problema na internet - DNS

Há quase uma hora atrás, me vi enfrentando (mais) um problema súbito com a internet.

Estava navegando em alguns sites e tentei abrir uma nova janela do Internet Explorer. Abriu, mas a minha página inicial, Google, não carregou. Pensei que fosse alguma pequena falha, daquelas normais. Atualizei a página. Não deu. Continuei tentando e pensei que fosse algum pequeno problema no próprio Google - sinais do apocalipse. Mas quando vi que estava demorando muito, tanto para carregar a página quanto para o apocalipse se consumar, a única conclusão que eu pude ter é que o problema era com o meu computador - o que eu já tinha desconfiado antes.

Também começou a dar problemas no Youtube. Mas isso é normal. Muitas vezes tem que recarregar a página uma ou duas vezes para se conseguir ver um vídeo. Não sei se isso também é um problema com o meu computador, mas já faz bem uns anos que acontece.
O interessante é que o outro site que eu estava navegando e o MSN continuaram funcionando normalmente, o que me deixou confuso outra vez, pensando que o problema era mesmo no Google - que também é "dono" do Youtube. Mas ainda não é 2012 pra isso acontecer: o problema era aqui.

Tentei reiniciar o modem, excluir os arquivos temporários, depois os cookies... Tweetei:



Caramba, minha internet tá com alguma deficiência... NÃO CONSIGO ACESSAR O  GOOGLE!! #Eaí? #Comofaz?
about 1 hour ago via web

Vou tentar excluir os cookies. ¬¬
about 1 hour ago via web


E morri. Não voltei mais. Não consegui mais entrar em site algum. O MSN funcionando normalmente, como se não fosse com ele. Até pensei que fosse um problema no Internet Explorer.

Reiniciei o computador e depois nem o MSN deu sinal de vida. Em uma das tentativas, o Google se esforçava, se arrastava para carregar. Apareceu o título na barra superior da janela. As barras verdinhas que ficam aumentando conforme o site carrega (lá embaixo) estavam bem fracas. Finalmente apareceu o site todo desconfigurado (ou diria desfigurado?), com fontes de tamanhos estranhos e formatação absurda. Foi o último sinal que consegui. Padeceu.

Não tinha jeito. Tinha que ligar para a GVT, minha operadora, que me fornece a internet.
Liguei, e depois da ladainha toda, que eu não preciso descrever aqui, fui teclando os números certos, para eles entenderem o que eu queria. Quando finalmente passei por todas as etapas e estava sendo encaminhado para o atendimento, a ligação caiu. Tentei de novo, mesmas etapas. Caiu de novo. Tentei, dessa vez, seguir outros caminhos, só para tentar ser atendido. De repente ficou mudo. Momento de suspense. Fio de esperança, mas tinha caído mais uma vez. Ainda bem que perdi "só" 10 minutos com isso.

Passei a tentar com o telefone celular (da Tim), em vez do fixo da GVT. Desta vez deu.
A moça que me atendeu conseguiu resolver o problema com certa facilidade. Painel de controle, Conexões de rede, Conexão local, Propriedades, Protocolo TCP/IP, Propriedades; digita um número lá nos campos "Servidor DNS preferencial" e "Servidor DNS alternativo". Não precisou nem reiniciar o navegador: funcionou no ato! Fui avaliar o atendimento da moça, nota máxima, por ter resolvido meu problema com agilidade, por mais simples que ele fosse (ou não).





Mas aí fica aquela velha pergunta: como é que a internet estava funcionando antes? Será que a configuração se auto-desconfigurou? Como é possível?

Mistérios cibernéticos... Bah!



Morri mais voltei! Tive que ligar pra GVT! Era um tal de servidor DNS que tinha
que digitar. Em que século estamos mesmo??
4 minutes ago via
web

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Anúncios em sites

Todo mundo tem sites que adora. Pode ser que você use uma vez só ou que entre nele periodicamente. Seja por utilidade ou só por diversão mesmo, muitos sites facilitam muito nossas vidas sem cobrar nada.

Só que muitas vezes, acabamos por nos esquecer de dar a eles o devido valor. Além de entrar em contato para agradecer e de divulgar o site, uma outra forma de valorizá-lo é lendo seus anúncios. Isso mesmo! Uma parte do site ignorada por muitos, mas que pode, inclusive, ser útil para você!

Um site ganha alguns centavos por cada clique em seus anúncios. Um serviço assim muito conhecido é o AdSense do Google.
Só não uso aqui no blog porque o Google não me permitiu. Eu tinha uma conta lá há alguns anos. Deletei, nem lembro o motivo. Depois, tentei me cadastrar de novo, mas o Google nem deu mais sinal de vida. Não sei o que aconteceu. Talvez agora eu so consiga me cadastrar com outra conta do Google, mas eu não quero, por enquanto. Apesar de uma graninha extra ser sempre bom.

Veja bem, não estou dizendo para você clicar nesses anúncios. Se você sair clicando em todos eles, alguém sairá perdendo: as empresas que anunciam e que pagam por clique. Estou dizendo para que você leia os anúncios e clique nos que te interessam. Aí sim, o sistema será justo.

Se você tem um site e gostaria de ganhar dinheiro com anúncios, clique aqui para saber como se faz.

Apostila de Matemática Financeira

Tipo: Apostila
Tema: Matemática financeira
Tópicos: Juros e porcentagem
Autor: Raphael Rocha
Formato: .doc
Número de páginas: 17
Ano: 2010


domingo, 18 de julho de 2010

Falha repentina no computador

Essa semana, tive um problema com a impressora. Parou de funcionar de repente. Removi o cabo, limpei, e nada. Cheguei a reinstalar o driver e o software umas três vezes. Nada. Entrei no site da fabricante e tentei resolver o problema. Pensei que o cabo tivesse queimado ou que a impressora mesmo tinha estragado.

Quando tentei usar o pendrive, também não funcionou. Logo percebi que nemhuma porta USB estava funcionando. Bom, funcionava só com a câmera. (Talvez por causa da bateria que a câmera tem, não sei, pois não entendo muito disso).

Pesquisei na internet e
esta discussão de fórum me ajudou, mais especificamente, a resposta de lucasbaalberith:

"[...]Seguinte... USB não tem erro... Vejam primeiro se as funções de USB estão todas ativadas no Setup(BIOS) para etrar lá, quando você liga o computador, pressione varias vezes a tecla [delete] ou F2... procure lá com as setas do teclado alguma coisa de USB DEVICE... tem que estar ativo... vejam a configuração, tem lá 1.1 ou 2.0... mude de uma para outra para testar...[...]"

Fiz isso. O tal 2.0 estava ativado e eu desativei.

Agora, uma coisa: como as portas estavam funcionando antes? Será que as configurações estavam certas e de repente mudaram??

Aí, voltei a uma antiga dúvida: Como é que pode um computador mudar suas configurações assim? Será que alguma falha justifica isso?
<tweet>
Não sei, pois já vi cada coisa estranha em problemas de computadores...
Só não digo que eles têm vontade própria porque... ou será que têm? xD




<atualização 21/07/2010 13:55>
Achei alguém no Twitter que citou outra "auto modificação" de software:
_MissCrazyy Como assim meu MSN desativou a opção de emoticons SOZINHO? Já viram coisa parecida?
Yolanda Madeira, pelo
Twitter.

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Resumo da Copa

A Copa do Mundo FIFA que acabou no dia 11 de julho com certeza teve muitas peculiaridades. Foi talvez a Copa mais marcante, por seus elementos e fatos característicos, inúmeras coincidências e surpresas.
Conseguiu ter menos gols do que sua antecessora, é verdade. Foram apenas 145 gols. Mas o brilho do evento não foi nem um pouco ofuscado por esse baixo índice.

Já em sua estreia, uma onda tomava conta do mundo: o "Cala boca galvao", uma piada surgida no Twitter e que fez sucesso no mundo todo.

Um dos personagens marcantes foi logo apresentado: a vuvuzela. Nome engraçado. O mundo conheceu esse instrumento - uma espécie de corneta - que faz um barulho considerado irritante por muitos. Era usada pela torcida em todos os jogos.

As músicas usadas como tema da Copa também fizeram bastante sucesso: Waving Flag e Waka Waka foram as principais.

Antes ainda da estreia, um de seus ícones já estava sendo muito comentado: Jabulani! A bola oficial da Copa vinha sendo muito criticada, por isso mesmo ganhou fama. Uma bola oficial nunca tinha sido tão famosa, tão chamada pelo nome.

E houve também as zebras - muitas zebras! A grande favorita Espanha perdeu de 1 a 0 para a Suíça já na sua estreia; a França e a Itália nem foram classificadas para a fase eliminatória; a Alemanha ganhou de 4 a 0 da Austrália e depois perdeu de 1 a 0 para a Sérvia; A Inglaterra não fez nenhum gol contra a Argélia, o jogo acabou 0 a 0; entre muitas, muitas outras, como podemos ver nesta tabela.

E muitas seleções também surpreenderam com seu bom desempenho: Paraguai se superou ao empatar com a Itália no seu primeiro jogo, e conseguiu chegar até as quartas de final. A Espanha disputou pela primeira vez uma final - e ganhou. O bicampeão Uruguai conseguiu, após 40 anos, chegar a uma semi-final.

Outro fato muito comentado na Copa foram os erros da arbitragem. Não notaram que o gol da Argentina contra o México estava impedido; no jogo da Alemanha contra a Inglaterra, a bola foi 33cm para dentro do gol alemão, mas o juiz não marcou; no Eslováquia contra Nova Zelândia, houve dois gols impedidos que foram marcados, um de cada time; o placar final foi 1 a 1. Entre muitos outros. No jogo contra Costa do Marfim, Luis Fabiano encostou o braço duas vezes na bola antes de fazer o segundo gol. Depois, ele explicou ao juiz que não usou o braço para facilitar a jogada. O gol foi válido, e tido como um dos mais bonitos da Copa.

E outro personagem da Copa foi: Mick Jagger. Ele foi torcer pelos Estados Unidos nas oitavas-de-final. Perdeu. Torceu pela Inglaterra, ainda nas oitavas. Perdeu. Após apenas esses dois jogos, as pessoas generalizaram e passaram a chamá-lo de azarado. Sua fama já era conhecida quando apareceu torcendo pelo Brasil no jogo das quartas-de-final. Quando apareceu sua imagem, as pessoas do Twitter entraram em desespero. O resultado, no final, não poderia ser diferente.

Além do Mick Jagger, tivemos outro personagem cheio de mistérios: o polvo Paul. É um polvo alemão que acertou os vencedores de todos os jogos da Alemanha. Para a sua refeição, eram colocados em seu aquário dois potes, cada um com uma bandeira das seleções que iam jogar. Dentro de cada pote havia uma mesma quantidade de comida. O polvo sempre escolheu o pote da seleção que ganharia o jogo. Funcionou com todos os jogos da Alemanha, e, de quebra, ainda disse que a Espanha seria a vencedora. Supondo que o polvo escolhesse os potes aleatoriamente, e que cada seleção tinha 50% de chance de vencer (e 33% nos jogos onde pudesse haver empate), a probabilidade que ele tinha de acertar todos era de 0,2%.

Calculamos ainda a probabilidade de o polvo ter acertado todos os jogos e de o time do Mick Jagger sempre perder. (Ou seja, os dois eventos acontecerem ao mesmo tempo). Ela é de 0,02%. Com certeza, uma Copa cheia de coincidências. Ou mistérios, como acreditam alguns.

A primeira goleada da Copa foi da Alemanha contra a Austrália: 4 a 0. Logo, milhares de pessoas comentaram no Twitter: "Pobres australianos!" Foi uma das frases mais escritas no microblog no dia. Mal sabiam as pessoas que logo depois viria um 7 a 0 de Portugal contra a Coreia do Norte. "Pobres coreanos!", gritavam elas.

Cogitava-se a possibilidade de haver uma semifinal somente entre sul americanos. Isso porque todos eles se classificaram para as oitavas. Já nas oitavas, houve um confronto entre Brasil e Chile, que foi eliminado. Os outros quatro sobreviveram para as quartas, mas Brasil, Argentina e Paraguai ficaram no meio do caminho. Os três perderam para seleções europeias. O Uruguai ganhou de Gana, mas perdeu para a Holanda na semi-final.


E o jogo do Uruguai contra Gana foi um dos mais polêmicos da copa. Isso porque um atacante uruguaio defendeu um gol com a mão, no ultimo minuto da prorrogação, que fez com que o jogo fosse para os pênaltis e o Uruguai ganhasse.


Outro dos jogos mais emocionantes foi do mesmo Uruguai contra a Holanda, já na semi-final. A Holanda parecia dominar o jogo. Já estava ganhando de 2 a 1 quando, aos 28 do segundo tempo, fez mais um gol. Nos últimos minutos de jogo, o Uruguai consegue marcar mais um. Estoura o acréscimo dado pelo juiz, mas o jogo continua. Uruguai ataca incessantemente. 11 jogadores da Holanda na defesa, 10 jogadores do Uruguai tentando atacar. Mas o final não foi feliz para os uruguaios. O juiz apita e o jogo termina 3 a 2.

O jogo do Brasil contra a Costa do Marfim deu o que falar. Apelidado carinhosamente por alguns de "o massacre dos canarinhos", o jogo foi um dos mais violentos, como o do Japão contra a Holanda. No segundo tempo, a Costa do Marfim se mostrou bastante agressiva.

Foi realmente uma Copa muito emocionante! E, agora, nos resta esperar 2014 para a próxima!

sábado, 19 de junho de 2010

Hotmail agora oferece domínio ".com.br"

A partir desta semana, o Hotmail passa a oferecer a opção de domínio "@hotmail.com.br" para os brasileiros.
A Microsoft divulgou a novidade no Twitter.
A empresa também informou que quem usa o domínio "@hotmail.com" não precisa se preocupar, pois ele vai continuar funcionando normalmente.

Se você quiser criar uma conta de e-mail com o novo domínio, é só acessar a página do Hotmail, clicar em "Inscrever-se" e selecionar o domínio que deseja.


Com a nova conta, será possível acessar o MSN normalmente e ter os mesmos serviços que já são oferecidos pelo Hotmail.

domingo, 13 de junho de 2010

Texto sobre o "cala boca galvão"

Como prometido, aqui está o texto (que acabou virando uma reportagem! o.o) sobre o "CALA BOCA GALVÃO": http://temquebombar.blogspot.com/2010/06/cala-boca-galvao.html
Eu tinha até publicado no RaphaelRS55 primeiro, mas depois notei que, sem querer, salvei as imagens com fundo transparente, e, como o fundo do blog é amarelo claro, ficou um pouco feio.
E, pelo fato de estar sem tempo para consertá-las, vou me focar mais ao no TQB mesmo.
Fiquei mais de duas horas pesquisando e escrevendo este post! :o
< atualização 13/06/2010 19:21 >
Resolvi quase todo o problema do RaphaelRS55 colocando marcador branco nas imagens! Só uma imagem que insistiu em continuar transparente!
http://raphaelrs55.blogspot.com/2010/06/cala-boca-galvao.html

Cala a boca, Galvão



O "CALA BOCA GALVAO" já está sendo popularmente definido como "a maior piada interna de um país de todos os tempos". A frase atingiu e permaneceu por muito tempo no topo dos Trending Topics (assuntos mais comentados) do Twitter, e já é tida como assunto brasileiro mais comentado.

E o que é interessante sobre o "cala boca galvao" é que muitos estrangeiros não entenderam a piada, e os brasileiros continuaram com a brincadeira, inventando inúmeras origens absurdas para a frase.

Cala a boca, Galvão?


O "CALA BOCA GALVÃO" do Twitter virou mesmo um grande sucesso no mundo!
Eu fiquei tão impressionado com a quantidade de conteúdo - pegadinhas - sobre isso, que resolvi até fazer um post no TQB, daqui a pouco! Com muitos links, prints, vídeos...
Posto um link aqui neste blog, não esqueçam de se conectar se quiserem ser avisados! ;) Vai valer a pena! Ou não... Eu acho...

Já inventaram muita coisa quando quem não fala português perguntava o que era "cala boca galvao" (vou postá-las no TQB depois) Daqui a pouco isso vai parar em alguma espécie de "Detetive Virtual" em algum lugar do mundo!

Eu não tenho nada contra o Galvão, muito pelo contrário, gosto dele. E acho que todos gostam, se não, não seria considerado o melhor narrador de esportes do Brasil. Já critiquei no Twitter: "Se não gostam do Galvão, por que não assistem a outra emissora?". Mas, pensando bem, talvez nem odeiem, e sim querem só fazer uma brincadeira. A Globo podia apresentar este ponto de vista pra fazer uma reportagem sobre o assunto! Sabe como é, brasileiros costumam sempre pensar que "preferem perder o amigo do que a piada".

Fiquem abaixo com meus tweets admirados a respeito! =)

E, brinde: pérolas do Galvão, em vídeos.


TWEETS: (siga-me!)

Que "#CalaBocaGalvão", o que?!?! Muda de canal então! =S
via web

Caramba!!! "CALA BOCA GALVÃO" em **primeiro** nos Trending Topics **do mundo**!!!!!!!! =o
via web

O Galvão pode não ser simpático, mas ele faz o que faz bem feito. Tanto que é o que é! ;-)
via web

Às vezes eu tenho a impressão de que quando alguém finalmente faz sucesso e fica famoso, as pessoas deixam de gostar dela... =s
via web

Hahaha, vou no "What The Trend" pra ver o que explicaram sobre o Galvão! xD
via web

""Cala a boca Galvao" means "Shut up Galvao". Galvão, Bueno ia a very annoying brazilian sports commentarist, a human Vuvuzela." ...↑
via web

... "Brazilians hate him but keep on watching him. One of our many contradictions. "
via web

Isso tudo tava no What The Trend!!! =o #Hahahahaha!
via web

Hehe, na explicação do What The Trend para o "Boca Galvão":
via web

"Galvão Bueno is the best known sport commentator in Brazil, he works for Globo TV. Sometimes he talks a lot and is annoying."
via web

Hahahahahahahaahaha!!!!! http://www.youtube.com/watch?v=bdTadK9p14A Só o que faltava! LOL! Brasileiro é fogo! XD
via web

Hahahahahahahaahaha!!!!! http://www.youtube.com/watch?v=bdTadK9p14A Só o que faltava! LOL! Brasileiro é fogo! XD
via web

"Lady Ga-Ga-Galvão, Lady Ga-Ga-Galvão!" http://www.youtube.com/watch?v=t96hPNK3_3Q!! hahaha, só quero ver até onde a piada vai! xD
via web

O que a Globo NÃO pode fazer a respeito: 1) Uma reportagem; 2) Puxar a orelha do povo; 3) Levar o Galvão pra chorar as pitangas na Márcia
via web

O que a Globo PODE fazer: 1) Processar o Twitter; 2) Cancelar a Copa; 3) Ficar de mal.
via web

O que a Globo NÃO VAI fazer: 1) Demitir o Galvão; 2) Substituir o Galvão nos jogos do Brasil; 3) Puxar a orelha do Galvão.
via web

SUMIRAM OS TRENDING TOPICS!!! A Globo censurou?? õÔ Haha!
via web

Volto a perguntar: o que todos têm contra o Galvão? E, se têm algo contra o Galvão, por que não assistem aos jogos em outra emissora?
via web

Nhá, daí já é demais: http://www.vagalume.com.br/lady-gaga/cala-boca-galvao.html Vou fazer um post sobre isso! =)
via web

Ih, gente! Os Trending Topics sumiram mesmo! :O
via web



< atualização 13/06/2010 16:25>- Texto sobre o "cala boca galvão"

terça-feira, 1 de junho de 2010

Cerimônia de premiação da OBMEP 2009


Na segunda-feira passada, dia 25 de maio, ocorreu a cerimônia de premiação da OBMEP no estado de Mato Grosso do Sul.
E eu fui receber minha medalha de prata!
Foi uma cerimônia bem legal e eu gostei bastante.
Os medalhistas foram premiados com bicicletas e os que já somaram três medalhas ou mais ganharam uma impressora multifuncional.
Clique aqui para ver mais fotos!

domingo, 23 de maio de 2010

Formatado!

Formatei o PC e deu tudo certo!

A formatação e instalação demorou menos do que eu pensava. Mais ou menos uma hora.

Não consegui acessar a internet de imediato. Liguei pra operadora para receber orientação de como configurar e, após uns 15 minutos esperando ser atendido, a atendente falou pra eu ir não sei aonde e clicar num ícone que eu não encontrei. Aí, a atendente informou que esta anta ainda não tinha instalado a placa de rede. De fato!

Cliquei no ícone de instalar a placa de rede e, em menos de 40 segundos, já estava funcionando a internet!

Agora preciso ainda instalar um monte de programas. Tô com a versão antiga do Internet Explorer (que muitos sites simplesmente rejeitam, e o MSN Messenger rejeita também). E ainda tenho que instalar o MSN Messenger, algum antivírus, o programa que salva meus screenshots, o que evita o computador travar, o Corel... deve ter mais! =)

Print da primeira tela após o Windows ligar
Tweets sobre isso: (siga-me!)
Ora, o que estou esperando? Decidi que vou formatar o computador AGORA! =)
via web
Falta fazer backup de mais algumas coisas. Oh-ow! Acabei de lembrar que faltam uns 2Gb pra por no pendrive! o.o
via web
Quase tudo pronto, e daqui a pouco, a formatação. Espero que dê tudo certo.
via web
Se eu não aparecer aqui nas próximas horas, é porque não consegui instalar a internet! x)
via web
Gente, agora vou mesmo. Último tweet daqui antes da formatação. Bye! =]
via web
Ihh, vocês não sabem da pior! Um primo meu pegou meu CD do Windows XP emprestado e me devolveu um CD do LINUX! O.O Só agora lembrei.. #Buá
via web
Há! Achei uma cópia do CD!!! ;D
via web
Agora sim, último tweet!
via web
Hahaha, terminei a formatação com sucesso! ;D Acabei de instalar a internet. Tô vivo! Primeiro tweet daqui... PC novo, vida nova! xD
via web
Quando digo "PC novo", me refiro à parte lógica.
via web
Hmmm, e ainda falta instalar UM MONTE de programas!!! =o
via web
Acho que vou instalar o software de print screen primeiro... Vai que eu pego algum flagra por aqui! =) Já instalei o Office da Microsoft
via web
Ah, e au ainda tô na versão antiga do Internet Explorer!
via web
CARAMBA!!!! Eu tô no Internet Explorer 6! :O Pensei que fosse pelo menos o 7...
via web
No Internet Explorer 6, quando se clica em "more" no Twitter, vai pra outra página. Que susto! Pensei que meus tweets tivessem desaparecido!
via web
Delete
O Twitter fica MUITO lento no Explorer 6!!
via web

Postagens populares